29 de dezembro de 2009

Mais um ano vai,


Outro ano vem.

Seria injusto reclamar de 2009. Apesar dos motivos, que todo mundo deve ter, continuaria injusto. Para mim, 2009 foi o ano dos extremos.
O melhor:
- meu casamento
- meu casamento
- o casamento do André - comigo! (só para enfatizar!)
- Minha casa novo, fofa! :-)
- o casamento de amigas muito especiais para mim - Sylvia, Paolla e Camila - devo fotos do casamento da Cacá, que também foi incrivelmente lindo, com detalhes dos detalhes que merecem ser vistos e revistos
- e outras "cositas mas"
E o pior. A perda do meu bisavô, algumas outras surpresas tristes e muitas outras "cositas mas" que acabaram de chegar...
Mas o balanço é positivo. Afinal, todo dia que chego em casa e encontro minha vida nova, converso, brinco, discuto, danço, cozinho, organizo, divido o sofá, dou risadas, molho as plantinhas, brigo pelos canais da tv, colho moranguinhos da jardineira e os divido com alguém vejo que sou feliz.
2009 não foi qualquer ano. E para celebrar o bom que todo ano DEVE ter selecionei algumas imagens lindas que espero inspirar a todos que passarem por aqui!






Amanhã tem mais!!

24 de dezembro de 2009

Patience



"Sad woman, take it slow, and
things will be just fine,


all we need is just a little patience..."
guns.

Mensagem de Natal. Mensagem de Amor.


É Natal.
Não sei se certo ou não, mas esse é um momento em que reflito mais sobre a vida que o normal.
Neste natal tenho refletido mais. Por muitas razões. E tenho pensado em como a vida é cheia de surpresas, boas e tristes. Em como não sabemos realmente nada do que nos espera no dia seguinte ou no minuto seguinte do agora.
O Natal às vezes me dá um certo nó na garganta, mas sei que não é culpa dele. A culpa da nossa necessidade de humana de ter a ilusão de que controla as coisas, os planos, a vida.
A cada dia percebo de forma mais forte e evidente que não estamos no controle. E a cada dia tento educar a minha ansiedade para aceitar a falta de controle e ser capaz de ser feliz com as coisas mais simples, como acordar ao lado de quem eu amo mais um dia, poder estar junto, dividir os sentimentos (felizes, tristes, nervosos, assustados...), poder abraça-lo e beija-lo e sentir o amor que sente por mim.
É Natal. E talvez há alguns dias atrás eu teria muitas coisas para pedir. Hoje, aqui pensando, vendo o André dormir no sofá ao meu lado eu só quero pedir que noites como essas se repitam pelo resto da minha vida.
Posso continuar com os nós na garganta, com os medos e inseguranças, com as insatisfações, mas quero ver as pessoas que amo felizes, acreditando que apesar das desilusõs e de não sabermos nada de nada, temos uns aos outros e isso, só isso, já faz a vida valer a pena.
Sim. Muitas vezes me sinto uma marionete do destino. Como se estivesse tudo já escrito e eu estivesse atuando em um papel. Mas mesmo se for assim preciso ser grata ao escritor dessa minha história, ele foi muito generoso comigo ao escolher quem contracenaria comigo!
Não vou brindar o Natal, porque é um dia e nem para todo mundo. Vou brindar o amor, que é o que faz o filme da minha vida rodar, todo dia. E eu amo muito, muito. E acredito que tudo vai ficar bem.

11 de dezembro de 2009

Vídeo com fotos oficiais do casamento!!

Hoje assisti uma surpresa linda que a Fabricar Eventos, a Tati e a Rejane, minhas cerimonialistas, fizeram para mim e para o André: um vídeo com as principais fotos oficiais (lindas, lindas) e com o fundo de música da minha marcha nupcial - nada convencional - Cold Play orquestrado!

Espero que gostem e se emocionem como eu me emocionei assistindo e recordando. Afinal, recordar também é viver, já dizia o poeta.

Tati, Rejane, Obrigada! Vocês são especiais...

Cliquem aqui para assistir!

E aqui para visitar o blog da Fabricar, que está inspirador...

3 de dezembro de 2009

frase do dia, da semana, do mês, DA VIDA!

"A vida é como andar de bicicleta. Para manter o equilíbrio, é preciso se manter em movimento."

Einstein, em carta a seu filho em 1930

29 de novembro de 2009

Ensaio de despedida.

Meu coração não quer deixar você ir...
E as lembranças, mesmo muitas,
São poucas. Quero você aqui.

Não consigo aceitar que esse seja o fim das histórias que podemos escrever. I
sso é o que mais dói.

Quero rir mais, ouvir outras das suas histórias, ou as mesmas, muitas outras vezes. Quero bagunçar o seu cabelo, ouvir você rir, ouvir você pedindo que Deus me abençoe quando eu for embora. Preciso ver seu sorriso quando eu chegar.

Te ligar para contar de São Paulo, do trabalho, do André, tudo de novo. Ouvir você dizer como está quente em Ponte Nova, e como eu faço falta, como é ruim a saudade, e como dói a distância.

E você termina contando como reza por mim toda noite, como me ama e como espera conhecer o tataraneto, que está demorando.

Mas para mim isso nunca ia terminar.
Afinal de contas você é bisavô e bisavós são heróis.

Eu ainda tenho ela, linda, pequenina e agora triste, mas dando conta de tudo do mesmo jeito. Agora estou longe, mas nos dois dias em que fui me despedir de você a beijei como nunca. Os beijos que eram divididos entre vocês dois agora vão todos pra ela. Sei que não vai se importar, muito pelo contrário. Mas vamos precisar de você por perto, pra tirar aqueles pensamentos e as dores de dentro dela, as coisas que ela não divide. Você já deve estar cuidando disso...

Agora eu choro. Parece até que a felicidade nunca mais vai ser a mesma. Mas você me fez mais feliz por 26 anos. Só posso agradecer.
E deixar mais uma vez registrado que TE AMO, indiscritivelmente, e que todo mundo deveria ter bisavós... PRA SEMPRE.

25 de novembro de 2009

O porquê dos dois buquês...

Sei que estou devendo atualizações e ontem recebi um comentário pedindo...

Então resolvi contar o que ainda não contei do casamento e começar a contar pérolas da vida de casada, que pode ser mais divertida do que você pode imaginar!


Vou começar justificando os dois buquês. E olha, isso pode acontecer com qq um, vale até começar a pensar nisso porque na hora você tem que praticar o DESAPEGO.


Queria um buquê de callas vinhos com orquídeas (minha flor favorita) em tons sobrepostos. Era isso e ponto final. Um dia antes do casamento, à tarde, recebi um telefonema da decoradora dizendo que não chegaram em Belo Horizonte callas na minha cor, mas que chegaram lindas hortências em azul claro e lilás.


Primeiro desapego: aceitar as hortências.


Tudo bem, pode não ser tão ruim assim, vai; A verdade é que você sabe que tanta coisa pior poderia dar errado que um buquê se torna o menor dos seus problemas.


No sábado (o dia!) pedi para receber o buquê no salão para me apaixonar por ele - ao menos tentar - antes do momento mais emocionante. Funciona mais ou menos como a necessidade de se sentir confortável com o sapato, sabe?


E o buquê chegou. Lindo. Como vcs podem ver na foto do post dos dois buquês. Preso na haste em que eu seguraria estava o o terço do meu avô por parte de pai, que havia falecido no início da semana... uma forma de tê-lo comigo de alguma forma, de imaginar fortemente que era isso que ele ia querer de mim se pudesse me dizer alguma coisa.


Mas ele murchou. Segundo desapego.


E eu só notei que meu buquê não poderia entrar para altar nenhum quando a cerimonialista se admirou com seu estado ao me ver com ele pela janela do carro na porta do salão.


Na hora minha primeira reação foi: vou sem buquê.


E quem me conhece sabe que isso é muito muito estranho, porque a vida TEM que ter um DRAMA. ahahaha


Até elas aparecerem com um buquê de orquideas amarelas, que era o que eu jogaria, mais caprichado do que a média dos buquês de flor do campo que se costumam jogar (porque os anjos da guarda se encarregam dessas coisas). Começaram a trocar o terço de buquê. E eu fui.


Fui como vai uma menina apaixonada ao encontro de seu amor. Como vai uma namorada esperar o namorado no aeroporto depois de um longo ou curto tempo de distância. Como vão os sonhadores para uma viagem que promete ser inesquecível. Como vão as noivas para o altar.


Sabe de uma coisa: acho que nem o meu buquê é capaz de aceitar ser um buquê como qualquer lindo outro... Sabe de outra coisa: sempre soube que me casaria com as arquídeas.

Momento Audrey Hepburn



I did!!!

24 de setembro de 2009

Quem CASA quer CASA!

quer plantinhas na jardineira da janela
quer ausência de poeira de reforma
open house
jantarzinho romântico
roupas no varal
roupas organizadas no guarda-roupa
sofá macio, filme e pipoca
reunir os amigos
café da manhã de domingo
encher a geladeira
...
Ser FELIZ, muito FELIZ na casa nova

23 de setembro de 2009

love, love, love

There is nowhere you can be that isn't where you are meant to be



9 de setembro de 2009

Algumas coisas nunca vão passar...

Dia 05 de setembro, sábado, foi um dia que passou...

Passou a entrada do noivo

dos pais, dos padrinhos

das damas e do pajem

passou a entrada da noiva e seu pai.

Passou o brinde

o corte do bolo

o buquê

as comidas e bebidas.


Tudo passou, como era esperado.

Mais rápido do que nosso amor por tudo aquilo pode ser capaz de aceitar.

Até porque pensando no amor ainda estaríamos lá.


O dia 05 Passou como passam as coisas boas e ruins da vida.

Mas rápido, como é o sentimento das coisas que são boas demais.


Mas algumas coisas NUNCA vão passar...

Não vão passar as lembranças de cada segundo

que voltam em flashes que fazem brotar sorrisos em nós

As lembranças das pessoas que ali estiveram conosco,

Mesmo de coração.

A energia de amor e celebração

que nos arrepia só de pensar.

Vai ficar o beijo do altar (os dois) pra sempre

Vai ficar a alegria dos nossos pais, avós e bisavós

As palavras do padre Júlio (breves e certeiras)

As risadas SEMPRE
As danças, cada vez que as músicas do dia tocarem de novo

E o amor, que naquele dia juramos mais uma vez um ao outro

e que todos que nos amam tanto passaram para nós...

Vai ficar. Muita coisa vai ficar.

Provavelmente mais do que passou.

Memórias que vão nos levar adiante para criar novos momentos inesquecíveis.

Como aquela noite de sábado.

22 de julho de 2009

Está chegando a hora!!


Cada dia fica mais perto do grande dia e queria pedir para que você que recebeu o convite não deixe de seguir as instruções para confirmação da presença!

Faça o quanto antes porque isso nos ajuda a garantir que a festa será do jeito que sonhamos e que vocês aproveitarão cada pedacinho...

As dicas de hotéis e de salões já estão postadas neste blog. Clique nos links abaixo que acharão tudo rapidinho!



Ah! E quem estiver pensando em aproveitar para conhecer Belo Horizonte tem algumas coisas legais para ver na cidade... obras de Oscar Niemeyer no Conjunto Arquitetônico da Pampulha -Igreja de São Francisco, Museu de Arte (antigo Cassino), visão do Mineirão e Mineirinho - Praça da Liberdade, Savassi, Mercado Central, Bairro do Mangabeiras com a Praça do Papa e Rua do Amendoim e Feira de Artesanato aos Domingos.



Se você entrou no blog à procura da lista de presentes ela está no post abaixo!
Qualquer dúvida entre em contato conosco ou comente aqui...

Nos vemos em breve!
Taiz e Andre


15 de julho de 2009

Lista de Presentes

Muitas pessoas que estão recebendo os convites estão nos perguntando sobre a lista de presentes...

Além da lista de presentes temos no blog sugestões de hotéis e salões em Belo Horizonte, só dar uma olhadinha nos posts antigos!

Clicando no nome da loja abaixo você já será direcionado para o site...

Fast Shop - Na parte inferior da página você coloca nossos nomes (Taiz e Andre) e a data do casamento - 05/09/2009.



Ponto Frio - Na lateral direita da página insira os nomes dos noivos, a data do casamento e o local (Belo Horizonte)




Qq dúvida ou problema reclame aqui no blog que a gente dá um jeito...

10 de julho de 2009

Agradecimentos pelos convites!


Fazer os convites não foi uma coisa fácil, mas seria impossível não fossem alguns amigos que sempre me salvam!


- Sabrina e Tiago: Se não fossem eles não teríamos a letra manuscrita (linda!) que vai nos nomes dos convidados e no meu nome e do André


- Sn Color - Claudia: Se não fosse a paciência da Claudia da Sn Color, a gráfica que imprimiu tudo, provavelmente eu ainda estaria decidindo entre tons de pantones azuis para cor da letra... Algo que provavelmente só eu ia perceber - e ela testou TUDO que eu quis!


- Alê: Essa é minha amiga anjo, que eu amo de paixão e que, se não fosse ela, não só os convites não sairiam, mas os Bem casados, os badulaques divertidos (esses com toda certeza), a lista de presentes (que nem está toda pronta ainda), o casamento em si...


Infelizmente ela vai se casar um dia antes de mim - e infelizmente é simplesmente porque dessa forma eu não vou conseguir vê-la casar - O QUE EU QUERIA MUITO - e nem ela vai conseguir me ver casar - O QUE EU TAMBÉM QUERIA MUITO.


O resto todo é FELIZMENTE - porque ela vai casar com um dos caras chatos mais legais que eu já conheci, vai ter um dos casamentos com mais detalhes apaixonantes que eu já vi (e olha que eu já vi um bocado) e com certeza um dos mais divertidos - e eu não posso contar os detalhes (óbvio!)


Feriado fazendo convites!


Ontem foi um dia de feriado artesanal....
Os convites ficaram super fofos e delicadinhos, fiquei feliz com o resultado, mas preciso deixar registrado que sou um fiasco fazendo os lacinhos.
Portanto, se vc receber um lacinho mais ou menos na sua casa pode saber que fui eu quem fiz! :-(
Os melhores lacinhos são do André. Que fez a maioria. Na verdade, se não fosse ele, acho que talvez os convites chegariam depois do casamento...
Amor, Obrigada Obrigada Obrigada!
Começa hoje a distribuição dos convites!!!

8 de julho de 2009

Sobre os 26 anos...

A verdade é que não importa a quantidade de anos que se passam.

Importa a sensação de ver o tempo passar...

Importa olhar para trás e começar a ver o vagão das experiências crescendo e crescendo.

E por mais que eu tenha medos (quem não tem), não tenho uma perspectiva ruim dessa passagem de tempo (espero que nunca tenha).

Fazer aniversário para mim é celebrar o futuro, com certeza, mas um tanto quanto mais um momento de parar, perceber que o tempo passa - e depressa - olhar para trás e ver se você está fazendo as coisas como um dia pensou - e se não pensou - ver se está fazendo as coisas de forma a se orgulhar delas no passado. Já pensamos em como levamos a vida pouco (só vivemos), se não tivéssemos aniversários talvez nunca pensaríamos...

Meus 26 anos são sinônimos de muitos sentimentos - misturados, soltos, confusos, estranhos, certos e incertos - tristes, felizes, decepcionados, impressionados, admirados, assustados e corajosos. Muitas lágrimas, afinal elas me vêem inclusive em momentos de felicidade, mas muitos sorrisos. Muito mais sorrisos. Até porque minha boca tem uma vida própria em tratando de sorrisos e eles são incondicionais em mim.

Pensando sobre o caminho de 1983 a 2009 vejo que posso olhar para trás celebrando o amor (que logo logo será ainda mais meu), a família (que vai muito além das relações de sangue), os amigos, as conquistas, os sonhos (que são muitos) e as mudanças (que sempre me fizeram muito felizes).

Olhando para o próximo 4 de julho, que logo vai chegar, sei o que posso fazer melhor, o que posso fazer diferente, o que posso começar a fazer. E quero fazer tudo. Intensamente. Intensamente feliz.

3 de julho de 2009

Tradição inglesa...



Something old, something new, something borrowed, something blue, and a sixpence in your shoe.






O velho representa continuidade
O novo otimismo no olhar sobre o futuro
Algo emprestado é a felicidade emprestada
Algo azul pureza, amor e fidelidade
E sixpence seria uma antiga moeda inglesa que vale 6 centavos, mas para que nós pode ser qq dinheirinho no sapato! :-) E que simboliza boa sorte e prosperidade!

Esse final de semana comprei algo azul, já tenho várias coisas novas e me falta o que será emprestado e o que será velho!! Se alguém tiver alguma sugestão...........

1 de julho de 2009

Reflexão da semana!

Não adianta entender
as coisas se as EMOÇÕES não aceitam...

29 de junho de 2009

Uma semana importante!

HOJE, aparentemente, fechamos o apartamento...

Lindo...uma longa procura, algumas decepções e um encontro, mas só o tempo vai poder dizer sobre essa decisão, a segunda que tomamos juntos (a primeira foi a decisão de casar!).





Impressão de convites...
Simples, fofo e elegantinho

Degustação de bem casados...

Não vejo a hora de substituir o almoço por algumas muitas dessas delícias. (Alê, obrigada por ir comigo!! Agora que está escrito no blog você não poderá furar!!!)


Sábado meu aniversário...
Prometo um post sobre como me sentirei nesse ano em que ficar mais experiente vem com algumas mudanças significantes!:-)

25 de junho de 2009

Dicas para o casamento: Salões de Beleza em BH - parte 1!

Queridas convidadas para o meu casamento. Tenho prometido o contato dos salões de beleza para que todas fiquem ainda mais lindas no grande dia e agora vai!
Todos os salões são muito bons, todos são de certa forma próximos dos hotéis indicados (vcs podem ver nos posts anteriores) e em BH, de táxi você chega barato e rapidinho em qualquer lugar, muito diferente de São Paulo! :-)
(olha eu puxando o saco de Minas! ehehe)
- LM -
cabelo a partir de R$60,00
maquiagem R$80,00
Onde fica: Av Contorno, 6061 lj. 338 - Mais próximo ao Hotel Mercury, mas não chega a dar para ir à pé!
Para marcar: (031) 3288-3822
- Jaqueline Rabelo -
R$190,00 (cabelo e maquiagem)
Onde fica: R. São Domingos do Prata, 707 Sto Antônio - Mais próximo ao Hotel Mercury, mas não chega a dar para ir à pé!
Para marcar: (031) 3296-9060
- Maison Rocha -
Escova a partir de R$35,00
Penteado R$55,00
Maquiagem R$85,00
Onde fica: R. General Andrade Neves, 57 Gutierrez - este é mais afastado dos hotéis, mas próximo do local da recepção, então é bom para combinar de se arrumar no salão e ir direto!
Para marcar: (031) 3334-4470
- Queens -
R$217,00 (cabelo e maquiagem com Ronnie)
R$197,00 (cabelo e maquiagem com Bianca ou Mariângela)
Onde fica: R. Alagoas, 301 lj 33 Funcionários - Próximo ao Ibis
Para marcar: (031) 3261-7674
- Marcus Martinelli -
R$ 215,00 (cabelo e maquiagem)
Onde fica: Rua Bernardo Guimarães, 2797 Sto Agostinho - Próximo ao Flat São Francisco
Para marcar: (031) 3291-0076
Sobre salão por enquanto é isso! Vou tentar conseguir uns mais baratos e faço mais um post!
Se alguém precisar de qualquer outra assessoria me avise, por favor. Assim podemos correr atrás o quanto antes para passar a vocês!

A saga do vestido!


Quando o blog começou contei sobre a busca e o encontro DO VESTIDO e não posso deixar e impressão de que ele ficou pronto como em um passe de mágica.

Antes de contar a HISTÓRIA do vestido (resumida, obviamente) preciso deixar claro que já percebi que muitas coisas na minha vida não vão escapar de ter uma faceta um tanto quanto “dramática”. E por uma razão óbvia: sou uma pessoa dramática.

E o vestido entrou para minha coleção de chiliques (bem mineiro, né?)

Aconteceu assim. A primeira prova aconteceu um dia antes da viagem para a Itália e para não dizer muito, foi um FIASCO. Nada do combinado, uma casca (o que era de se esperar por ser a primeira prova) mas uma casca de corte errado, duro, feio.... um fiasco.

E eu? Eu deixei falar mais alto (gritar, transparecer, ecoar, como for mais fácil para imaginar a cena) o meu lado dramática - que com certeza ocupa mais que 50% de mim... Esperniei, sapatiei, gritei, expliquei, tantos “ei” que cansaria essa leitura. Mobilizei toda a loja, enlouqueci e com certeza diverti aquelas pessoas fofas, fiquei conhecida, e RESOLVI (que na verdade é o que interessa, certo?)

E a segunda prova, semana passada, foi o resultado nu e cru (literalmente) do meu drama: um vestido lindo, corte perfeito e conforme o imaginado, e detalhes apaixonantes que só a gente que está escolhendo pedacinho por pedacinho vai saber.Então, sem mortos ou feridos salvaram-se todos e inclusive o mais importante, o vestido. Que não está pronto, mas está fora de qualquer perigo!

17 de junho de 2009

Oh Vita!

Milano, Firenze, Pisa, Roma, Genoa, Venezia, Treviso, Verona, Novara...

















Voltar não foi nada fácil...


De volta da romântica, divertida e intensa viagem de pré Lua de Mel para a Itália volto a escrever!


Voltar não foi difícil só pelo volume de bagagem física (vinhos, azeite, queijos, maquiagens, cremes e souvenirs), mas pela quantidade de experiências que incham a cabeça, o coração e a imaginação... fica difícil aterrizar.


Logo posto algumas fotos que deixarão mais claro o que estou dizendo!


23 de maio de 2009

De malas prontas para a Italia...

Hoje estou de férias embarcando para minha "pré lua de mel"... :-)

Tenho chamado assim o passei o que eu e o André faremos pela Itália.

Claro que vou voltar com dicas, hstórias, lindas imagens, novos amigos - assim espero - e conto tudo aqui.

Agora tenho só a ansiedade de estar longe do André há uma semana (a gente já foi bem melhor com distância, preciso admitir) e a curiosidade por tudo que vamos ver.
O resto, preocupação por busca do apartamento, detalhes do casamento, trabalho... isso prometi a mim mesma, ao André, a minha famíli, aos amigos e à minha médica (eheh) que deixaria esses 20 dias aqui no Brasil!
Então, que assim seja! Arrivederte!!