26 de abril de 2012

(não soneto) Da Felicidade

Se felicidade tivesse gosto
Acho que seria de sorvete.
Cada hora um sabor,
mas sempre sorvete.

Se tivesse cheiro
Acho que eu nunca seria capaz de definir.
O cheiro do pó de arroz da vovó
Da pipoca da praça
Do meu velho perfume de baunilha
Ou de alecrim.

Agora se felicidade tivesse música.
Ah, seriam muitas.
Todas aquelas que me lembram o que já foi
com alívio ou saudades (mais saudade)
e aquelas que me inspiram para o que virá.

Se eu pudesse te prender dentro de mim,
Felicidade,
talvez você não fosse feliz.
Então eu preciso te abraçar forte,
quando você vem.
E ser capaz de te deixar livre
para ir e voltar quando quiser.

Ah. Felicidade.
Se eu pudesse escolher seu rosto
seria o meu.
Uma forma de te ver todos os dias,
em frente ao espelho.
E de garantir que iria sempre me encontrar. 

4 comentários:

Camilla Leal disse...

Que lindo! Fala pra sua inspiração te visitar mais vezes...

7 horas e 7 minutos... disse...

Obrigada linda!!! Ela precisa vir mesmo! Ehehe bjss

Mariana Chen disse...

Lindo mesmo, Tatazoca !!
Essa sua inspiracao linda me contaminou e sem duvida alguma me trouxe mais luzes pro meu caminho !!

Bjaoooo

7 horas e 7 minutos... disse...

Mari... Fico mesmo feliz em saber que o que alivia o meu coração de alguma forma também inspira pessoas tão especiais como vc!!! Saudades sempre... Grande bjo